Publicado em: 08/11/2018 16:56 - Atualizado em: 08/11/2018 17:18

Tocantins perde doutora honoris causa símbolo de luta e ativismo social

Morre líder comunitária do Bico do Papagaio


Por Prof. Sidney Sândheskinny - Coordenador do curso de Administração

Raimunda Gomes da Silva, popularmente conhecida como Raimunda Quebradeira, morreu na última noite (7) aos 78 anos.


Dona Raimunda ficou conhecida pela luta por valorização das quebradeiras de coco da região do Bico do Papagaio no norte do Tocantins.


Foi uma das fundadoras do Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB) e rompendo fronteiras defendeu sua bandeira nos Estados Unidos, França, China e Canadá.


Sua participação ativa em defesa das trabalhadoras rurais a levou a ter destaque nacional pelo seu ativismo social. Ao longo de sua vida a líder comunitária recebeu várias homenagens, dentre as principais o prêmio Bertha Luz concedido pelo Senado Federal. Dona Raimunda também chegou a ser indicada ao Prêmio Nobel da Paz.


Em 2009 a líder comunitária foi diplomada com o título de doutora honoris causa pela Universidade Federal do Tocantins (UFT).


O curso de Administração parceiro no Plano de Desenvolvimento do Arranjo Produtivo das Quebradeiras de Coco lamenta essa perda e reafirma apoio a todas as quebradeiras que agora dão continuidade ao legado da Doutora Raimunda Quebradeira.
 

Selo da responsabilidade social
CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE PALMAS
Avenida Teotônio Segurado 1501 Sul Palmas - TO CEP 77.019-900
Fone: (63) 3219 8000