Turma 0108 - Gestão e Controle de Qualidade em Análises Clínicas - 2012/1

Imprimir

Curso: Biomedicina

Período: 6

Professor(es): Divino José Otaviano

Carga Horária: 68 h

Ano/Semestre: 2012/1

Objetivo

Promover a formação de um profissional com forte domínio de conteúdo, coerência e espírito crítico diante dos problemas que afligem a sociedade, sensibilizando-o no sentido de centrar o ser humano como objetivo final de suas idéias e ações, sendo o instrumento ativo da transformação harmoniosa das relações entre a ciência e a sociedade e evidenciando sua competência no exercício da atividade profissional.









Ementa

Incorporar à formação do acadêmico de Biomedicina noções inerentes à gestão e  à qualidade laboratoriais através dos meios disponibilizados às análises clínicas a fim de subsidiarem a tomada de decisão nos processos de: planejamento, implantação e implementação de Laboratórios de Análises Clínicas (LAC).

Competências

1. Planejar a implantação da gestão da qualidade no Laboratório de Análises Clínicas.
2. Aplicar instrumentos que promovam a qualidade nos processos laboratoriais.

Habilidades

1. Identificar aspectos: administrativos, organizacionais e de controle de qualidade; relacionados ao Laboratório de Análises Clínicas.
2. Estabelecer procedimentos baseados nas normas e regulamentações pertinentes ao segmento.
3. Reconhecer a importância em garantir a qualidade dos procedimentos laboratoriais nas fases pré-analítica, analítica e pós-analítica.
4. Analisar os resultados obtidos com os controles interno e externo de qualidade.

Programa

Teórico
1. O Laboratório de Análises Clínicas (LAC) como empresa, os recursos necessários e as exigências sanitárias.
2. Biossegurança: definição, níveis e barreiras de contenção.
3. Edificação: estrutura físico-funcional.
4. Sistemas informatizados para LAC.
5. Gestão da qualidade laboratorial: garantia, política e indicadores da qualidade.
6. Sistema da qualidade aplicado ao LAC, acreditação e certificação.
7. Programa de controle de qualidade (interno e externo).
8. Padronização no LAC dos processos pré-analíticos, analíticos e pós-analíticos.
9. Avaliação da qualidade.

Teórico-prático
1. Controle de qualidade analítico – controles de qualidade interno e externo – nos diversos setores do LAC do CEULP/ULBRA.

Metodologia

- Aulas expositivas;
- Leitura e análise de textos com elaboração de resumos e debates;
- Estudos dirigidos e exercícios;
- Problematização;
- Visitas orientadas e atividades no Laboratório Universitário;
- Relatórios e trabalhos (individual e em grupo); e
- Seminários (individual e em grupo).

Avaliação

A avaliação formativa será constituída pelos debates dos assuntos, estudos dirigidos, exercícios, relatórios, seminários, trabalhos, problematização e vivência no Laboratório Universitário. Os resultados destas avaliações constarão de forma quantitativa nas médias de Grau 1 e Grau 2.
A avaliação somativa será constituída por provas individuais, cujos resultados constarão de forma quantitativa nas médias. O conteúdo do primeiro bimestre avaliado em prova comporá a média de Grau 1 e todo o conteúdo do semestre avaliado em prova comporá a média Grau 2.

Quantificação das avaliações:
Grau 1: avaliação formativa (até 3,0 pontos) + prova (até 7,0 pontos).
Grau 2: avaliação formativa (até 4,0 pontos) + prova (até 6,0 pontos).
Média final: média ponderada entre Grau 1 (peso 1) e Grau 2 (peso 2).
Obs: a média necessária para aprovação é 6,0 pontos.
Não obtendo a média para aprovação, será realizada uma avaliação final (até 10,0 pontos) na forma de prova (individual e abrangendo o conteúdo do semestre) que substituirá a nota de um dos dois Graus (G1 ou G2) mantendo o respectivo peso para o cálculo da média final. A aprovação será obtida com a média final mínima de 6,0 pontos.

Bibliografia

Básica

Brasil. Ministério da Saúde. Manual de apoio aos gestores do SUS : organização da rede de laboratórios clínicos. Brasília : Ministério da Saúde, 2003.

CHIAVENATO, I. Administração nos novos tempos. 2. ed. , rev. , atual Rio de Janeiro : Elsevier, 2010.

HINRICHSEN, S. L. Biossegurança e controle de infecções : risco sanitário hospitalar. Rio de Janeiro : Medsi, 2004.

Complementar

ABRANTES, J. Gestão da qualidade. Rio de Janeiro : Interciência, 2009.

ABREU, A. Gestão fiscal nas empresas : principais conceitos tributários e sua aplicação. São Paulo : Atlas, 2008.

ALGARTE, W; QUINTANILHA, D. A história da qualidade e o programa brasileiro da qualidade e produtividade. Rio de Janeiro : INMETRO (Editora), 2000.

VARELLA, M. D.; FONTES, E.; ROCHA, F. A. N. G. Biossegurança e biodiversidade : contexto científico e regulamenta. Belo Horizonte : Del Rey, 1999.

Imprimir
Selo da responsabilidade social
CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE PALMAS
Avenida Teotônio Segurado 1501 Sul Palmas - TO CEP 77.019-900
Fone: (63) 3219 8000

O que achou dessa página?

Clique e deixe seu comentário