Plano de Ensino

Turma 1213 - Exame Físico em Enfermagem - 2011/2

Curso: Enfermagem

Período: 2

Professor(es): Manuela Barreto Silva

Carga Horária: 68 h

Ano/Semestre: 2011/2

Objetivo

Formar enfermeiros generalista, através de uma perspectiva humanística-cristã, capazes de assistir ao indivíduo no ciclo evolutivo, tanto em estado de saúde, como em episódios de doença inserido em seu ecossistema, familiar e comunitário.

Ementa

Competências

Identificar e examinar as estruturas anatômicas e sistemas, procurando distinguir alterações morfológicas diferentes consideradas como sendo variações anatômicas existentes no corpo humano.

Habilidades

Examinar  e avaliar  a  Anatomia Humana com ênfase em todos os sistemas do corpo humano;
- Identificar o funcionamento dos órgãos que formam os diferentes sistemas do corpo humano;
- Reconhecer e associar todas as estruturas básicas do corpo humano com funcionamento normal;
- Utilizar os conhecimentos específicos adquiridos para melhoria da qualidade de vida;
- Relacionar e aplicar os conhecimentos obtidos ao exercício profissional;
- Analisar de forma crítica a literatura científica.
- Compreender as questões  éticas gerais para o cuidado de Enfermagem do paciente clínico

Programa

Unidade I - Introdução ao exame clínico de Enfermagem
O contexto do exame clínico de Enfermagem
Focos de atenção de Enfermagem
Avaliação clinica da Enfermeira: a Entrevista de Enfermagem
As crenças e os valores pessoais da Enfermeira
O referencial teórico da Enfermagem
A habilidade da Enfermeira no relacionamento interpessoal
Territorialidade e disponibilidade do paciente /cliente
A disponibilidade da Enfermeira e a imposição da competência profissional
O ambiente externo
Fases da entrevista
Bases teóricas metodológicas para a coleta de dados de Enfermagem
Considerações éticas instrumentais para o exame físico
Considerações éticas gerais para o cuidado de Enfermagem do paciente clínico
Avaliação das condições emocionais e mentais do paciente na clinica
Sistematização da assistência de enfermagem (SAE)

Unidade II- O Exame Físico de Enfermagem  
Avaliação clínica e técnicas Instrumentais para o exame físico

Unidade III- O Exame Físico da Pele
Tegumento Comum
Integridade tegumentar
Órgãos acessórios da pele regulação da temperatura corporal
Exame clínico
Alterações  da pele : Coloração da pele, textura e espessura da pele, umidade da pele, mobilidade da pele, elasticidade da pele, alteração na mobilidade da pele, elasticidade da pele, integridade da pele.
Alterações das mucosas oculares, nasal e oral: Coloração, umidade e integridade.  
Alterações dos órgãos anexos: glândulas sebáceas, cabelos, pêlos, unhas.
Regulação térmica: mecanismos geradores de calor, mecanismo para dissipação de calor, troca de calor com o meio ambiente, exame clinico, alteração na temperatura corporal
Perspiração: exame clínico, entrevista e inspeção

 Unidade IV- O Exame Físico do Sistema Neurológico
Avaliação do nível de consciência
Consciência
Estímulos auditivos e táteis
Níveis de consciência
Avaliação pupilar
Avaliação da função motora, sensitiva, cerebelar,dos nervos cranianos
Avaliação da cognição :pensamento,raciocínio e memória
Alteração da cognição
Sono  e repouso: exame clinico,alterações do sono e repouso

Unidade V- O Exame Físico da Cabeça e do Pescoço
Sensações :  
Percepção: Olfatória , gustatória , visual,auditiva,
Exame clínico da cabeça: crânio, face,olhos, nariz e seios paranasais,ouvidos, boca,língua
Exame do pescoço
Avaliação da percepção sensorial cutânea: tato,pressão,calor, frio, e dor
Olfato
Paladar
Exame do olho
Avaliação da  acuidade visual
Avaliação do ouvido
Avaliação da audição
Alterações da percepção sensorial cutânea ,sensibilidade olfatória, gustatória,
Alterações oculares : ollhos, pálpebras, acuidade visual,
Alterações dos ouvidos
Alterações da audição
Imunidade: exame clínico, entrevista e inspeção, palpação, alterações na imunidade
Regulação hormonal: exame clínico, hipófise, tireóide, paratireóides, supra-renais, pâncreas, testículos e ovários.
Alterações hormonais

Unidade VI - O Exame Físico do Tórax:  Aparelho Cardiovascular
Função cardíaca
Anamnese do paciente cardiopata
Exame clínico da função cardíaca: entrevista, exame clinico, inspeção, palpação, ausculta
Alterações da função cardíaca: principais alterações no eletrocardiograma, exames complementares
Alterações da função cardíaca perfusão:  cardíaca, pulmonar, cerebral, renal, gastrintestinal, periférica e retorno venoso
Avaliação da perfusão cardíaca
Alterações relacionadas com a perfusão cardíaca: alterações eletrocardiográficas, laboratoriais, exames complementares.
Avaliação da perfusão pulmonar : exame clínico,   Alterações relacionadas com a perfusão  pulmonar , exames complementares.
Avaliação da perfusão cerebral : exame clínico,  : alteração relacionada com a perfusão cerebral, exames complementares.
Avaliação da perfusão renal : exame clínico,   Alterações relacionadas com a perfusão renal
Avaliação da perfusão gastrointestinal : exame clinico, Alterações relacionadas  com a perfusão gastrointestinal, exames complementares
Avaliação da perfusão periférica  : inspeção, palpação, Alterações relacionadas com a perfusão periférica, exames complementares
Avaliação das veias : alterações venosas, exames complementares

Unidade VII- O Exame Físico do Tórax:  Aparelho respiratório
Anamnese do aparelho respiratório
Oxigenação : exame clínico, inspeção,  ( estática e dinâmica ), palpação, percussão, ausculta, alterações  da oxigenação.

Unidade VIII-O Exame Físico do Abdome: Aparelho digestório
Nutrição e metabolismo
Ingestão
Digestão
Absorção e metabolismo: carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas,minerais,água,
Planejamento do Exame clínico
Examinando o abdômen
Topografia
Técnica do exame do abdômen
Procedimentos especiais
Examinando o reto e o ânus: inspeção, palpação  
Entrevista
Inspeção e palpação,
Antropometria (peso, altura, relação entre as medidas de peso/ altura)
Circunferências corporais
Pregas ou dobras  cutâneas
Exames laboratoriais
Alterações relacionadas á ingestão, digestão e absorção
Alterações da alimentação e mastigação
Alterações da deglutição
Alterações da digestão e absorção
Avaliação da condição nutricional
Dados laboratoriais mais freqüentes para o raciocínio clínico
Eliminação intestinal: exame clínico, entrevista, inspeção, ausculta, palpação, percussão
Eliminação intestinal: exame clínico, entrevista, inspeção, ausculta, palpação, percussão
Alterações na eliminação intestinal

Unidade IX- O Exame Físico do Abdome: Aparelho Urinário
Propedêutica dos rins e da bexiga
Volume de fluídos
Exame clínico de enfermagem
Alterações o volume de líquidos
Avaliações dos principais eletrólitos : alterações  eletrólitos
Equilíbrio ácido- básicos
Avaliação do equilíbrio acido básico
Alteração do equilíbrio acido básico
Eliminação urinária
Exame clínico :entrevista, inspeção, palpação, percussão
Alterações na eliminação urinária

Unidade X - O Exame Físico dos Órgãos Genitais:  Masculino e Feminino
Reprodução e sexualidade
Exame físico e sexualidade masculina: pênis, bolsa escrotal, testículos, ducto ejaculatório, uretra, próstata, vesículas seminais
Exame físico e sexualidade feminina: ovários, tubas uterinas, útero, vagina, vulva, períneo, mamas.
Menstruação: avaliação da menstruação, alterações na eliminação menstrual
Identidade sexual
Exame clínico
Alterações detectadas à inspeção e palpação dos órgãos reprodutores masculinos e sexualidade  
Alterações detectadas à inspeção e palpação dos órgãos reprodutores femininos e sexualidade

Unidade XI- O Exame Físico do Aparelho locomotor: Sistema Musculoesquelético
Funções do esqueleto
Classificações dos ossos
Membranas dos ossos
Articulações: inspeção e palpação  
Atividade motora
Exame clínico
Entrevista
Inspeção
Palpação
Exame da força muscular
Grau de mobilidade: coluna cervical, ombro, cotovelo, mão e punho, quadril e pelve, joelho, tornozelo e pé, coluna lombar, marcha,  
Alteração da atividade motora

Metodologia

Aulas expositivas empregando: quadro negro, retro-projetor e power-point.
Trabalhos em grupo.
Estudos dirigidos em sala de aula.
Problematização.
Aulas práticas no laboratório de enfermagem.
Observação: as aulas práticas serão agendadas com antecedência e a professora avisará à turma a data da aula. Para a aula prática o estudante deverá se apresentar com calças compridas, sapatos fechados, jaleco de mangas compridas. Pessoas com cabelos longos deverão trazê-los presos e evitar adornos grandes, como brincos, colares, pulseiras e aneis, de acordo com as normas do Complexo Laboratorial.

Avaliação

No processo de avaliação serão buscadas formas de acompanhar o aluno em seu desenvolvimento na disciplina e verificar seu rendimento no que se refere às habilidades e competências esperadas.
Espera-se que o estudante seja capaz de correlacionar as temáticas já estudadas nas disciplinas do eixo básico, aplicando-as no Processo de Enfermagem.
Será composta de duas provas escritas (G1 e G2) e outras atividades. As provas escritas serão individuais, contendo questões objetivas, subjetivas e problematizações.
G1 - Avaliação escrita + atividades  = 10,0.
G2 - Avaliação escrita + atividades  = 10,0.
A avaliação G2 terá peso 2. As datas serão agendadas previamente em sala de aula, respeitando o prazo final para o fechamento das respectivas provas, de acordo com o calendário do CEULP/ULBRA.
Substituição de Grau
É oferecida aos alunos que não atingiram a média final (6,0), àqueles que queiram melhorar o desempenho em uma das provas ou àqueles que, por QUALQUER motivo não puderam comparecer à uma das provas escritas.
Será uma prova escrita, individual, contendo questões objetivas, subjetivas e problematizações, envolvendo todo o conteúdo teórico ministrado em sala de aula, e terá a validade de 10.0 (dez).
Observações: durante qualquer prova escrita, não será admitido nenhum tipo de diálogo (verbal, não verbal, escrito) entre alunos, uma vez que a prova é individual, assim como anotações de qualquer natureza.Tal situação ocorrendo, o aluno será impedido de continuar a prova e será atribuído nota igual a 0,0 (zero).

Bibliografia

Básica

BENSEÑOR, Isabela M., ATTA, José Antonio, MARTINS, Mílton de Arruda. Semiologia clínica. Rio de Janeiro : Sarvier, 2002

Porto, Celmo Celeno.Exame clínico : bases para a prática médica. 5. ed. Rio de Janeiro : Guanabara Koogan, 2004. 443 p., il.

Complementar

Abrahams, Peter H. Atlas colorido de anatomia humana de McMinn / Peter H. Abrahams, Ralph T. Hutchings, Sandy C. Marks Jr.. 5. ed. Rio de Janeiro : Elsevier, 2005. 351 p., il.

Bickley, Lynn S. Bates propedêutica médica. 8. ed. Rio de Janeiro : Guanabara Koogan, 2005.

JARVIS, Carolyn. Exame físico e avaliação de saúde. 3. ed. Rio de Janeiro : Guanabara Koogan, 2002. 2.

Maria,Vera Lucia Regina, Martins, I.; Selma,M. P.P..Exame clinico de Enfermagem do adulto.Focos de atenção psicobiológicos como base para diagnósticos de Enfermagem. 1º edição.São Paulo.Edi. Iátria. 2003.