Plano de Ensino

Turma 0012 - Educação Inclusiva - 2012/1

Curso: Pedagogia

Período: 5

Professor(es): Ivanize Alves de Castro Martins

Carga Horária: 68 h

Ano/Semestre: 2012/1

Objetivo

Contribuir com a formação teórica-científica, sócio-política e filosófica, do profissional docente, para que seja capaz de atuar e se inserir de maneira ética, crítica e reflexiva em instituições escolares e outros espaços educativos, desenvolvendo processos investigativos e avaliativos, produzindo conhecimentos na direção de uma práxis educativa emancipadora, sabendo conviver, cooperar e respeitar a diversidade cultural

Ementa

Pressupostos teóricos e metodológicos da Escola Inclusiva. Análise histórica da educação Especial e das tendências atuais, no âmbito nacional e internacional. Questões políticas, ideologicas e éticas da Educação Inclusiva. Os sujeitos do processo educacional especial: portadores de necessidades educacionais especiais. Perpectivas da Educação Inclusiva no sistema escolar: currículo, didática e avaliação. Perspectivas para a construção de uma Sociedade Inclusiva: família, escola e sociedade.

Competências

- Compreender e identificar as características individuais das pessoas com necessidades educacionais especiais, contribuindo com a equipe pedagógica multidisciplinar na identificação de suas possibilidades de desenvolvimento bem como no planejamento, acompanhamento, execução e avaliação de ações de ensino e de aprendizagem.
- Abraçar, defender e promover a educação inclusiva como direito de todo cidadão e oportunidade de desenvolvimento e aprendizagem para todos os envolvidos no processo.

Habilidades

* Praticar e promover o respeito, o acolhimento e a valorização da diversidade humana nos espaços educacionais e sociais.
• Identificar elementos do processo histórico da Educação Especial da segregação à inclusão.
• Discutir e avaliar documentos e legislações internacionais e nacionais que implementam as políticas públicas da educação inclusiva.

Programa

1.INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL
1.1 – Conceito e Histórico da Educação Especial
1.2 - Políticas e diretrizes, tendências e desafios da educação especial e da educação Inclusiva

2 - ÁREAS DA EDUCAÇÃO ESPECIAL
2.1. Conceituação, características, causas, prevenção e ação pedagógica em relação às seguintes necessidades especiais:
2.1.1. - Altas habilidades
2.1.2. - Condutas típicas
2.1.3. - Deficiência: Mental, visual, auditiva, física, múltipla

3 - ASPECTOS PEDAGÓGICOS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA
3.1 - A prática da educação inclusiva na escola e outros espaços educativos: princípios, currículo, metodologia e avaliação. A participação da família.
3.2 - Equipe multidisciplinar: sua atuação.
3.4 - Construção de uma comunidade inclusiva: desafios e perspectivas.

Metodologia

As aulas serão desenvolvidas de forma interativa buscando a participação qualitativa, reflexiva e crítica dos alunos no desenvolvimento das atividades. Utilizaremos as estratégias a seguir, sempre que pertinentes aos assuntos tratados e conforme o momento da turma: problematização, aulas expositivas participativas, leituras críticas de textos indicados na bibliografia, fichamentos, atividades em grupo, técnicas de sensibilização e inclusão, estudo de caso, visitas a instituições que prestam atendimento às pessoas com necessidades educacionais especiais, palestras relacionadas aos temas estudados, vídeos e filmes educativos relacionados aos assuntos em estudo, produção de textos individual e grupal, elaboração e apresentações de relatórios/trabalhos escritos/orais em grupo e/ou individuais.

Avaliação

Será contínua, valorativa de todas as atividades relativas à disciplina, privilegiando a qualidade da produção do conhecimento, a reflexão, a criticidade, o comportamento ético e o envolvimento do/a acadêmico/a no trabalho pedagógico. Será dada grande importância à prática da leitura e produção esrita. Haverá participação dos acadêmicos no processo avaliativo do trabalho pedagógico.

Instrumentos para G1
1 Avaliação objetiva e subjetiva. (valor 6,0)
2- Trabalho- Análise de um filme a luz dos referenciais teóricos - (valor 2,0)
3- Trabalho - Painél de Especialistas sobre temas estudados em sala de aula -(valor 2,0)
Instrumentos para G2
1 Avaliação objetiva e subjetiva. (valor 6,0)
2 - Trabalho -Visita a instituição de educação especial e elabora de um relatório analítico, crítico e fundamentado nos referênciais teóricos disponibilizados no decorrer das aulas. (valor 3,0)
3- Desenvolvimento de um estudo de caso - (valor 1,0)

Bibliografia

Básica

Brasil Ministério da Educação e do Desporto Secretaria da Educação Especial. Subsídios para organização e funcionamento de serviços de educação especial :. Brasília: MEC. 1995.

MAZZOTTA, Marcos J. S.. Educacao especial no Brasil historia e politicas publicas. São Paulo: Cortez. 1996.

Stainback, Susan. Inclusão :. Porto Alegre: ARTMED. 1999.

Complementar

Assumpção Junior, Francisco Baptista. Introducao ao estudo da deficiencia mental. São Paulo: Memnon. 2000.

Bock, Ana Mercês Bahia. Psicologias : uma introdução ao estudo de psicologia. 13. ed.São Paulo

Kirk, Samuel A.. Educação da criança excepcional. 3. ed.. São Paulo: Martins Fontes.