Plano de Ensino

Turma 0841 - Psicologia da Aprendizagem - 2011/1

Curso: Psicologia

Período: 3

Professor(es): Lauriane Moreira

Carga Horária: 68 h

Ano/Semestre: 2011/1

Objetivo

GERAL:
Formar Psicólogos que atendam às necessidades consolidadas e emergentes do campo bio-psico-social permeado por uma práxis ética.

ESPECÍFICOS:
Desenvolver a capacidade de descrever, analisar, interpretar e orientar os problemas de origem psicológica, tais como: cognitivos, emocionais, comportamentais e ecológicos;
Atender às demandas psicológicas visando abranger aspectos sócio-político-econômicos, dentro de uma formação generalista;
Desenvolver habilidades para a atuação em diversas áreas de intervenção;
Facilitar o direcionamento teórico-prático do aluno para o desenvolvimento de habilidade(s) profissional(is);
Orientar e desenvolver a capacidade investigativa e científica na direção da construção e aplicação de conhecimentos;
Desenvolver a capacidade e a necessidade da realização de trabalhos interdisciplinares;
Possibilitar a autonomia e autogestão de sua práxis.

Ementa

Modelos teóricos da aprendizagem. Conceituação de desenvolvimento e aprendizagem. Aprendizagem e construção do conhecimento. Processo de aprendizagem. Epistemologia Genética; Sócio-histórico-cultural.

Competências

Identificar diferentes modelos teóricos de aprendizagem.

Habilidades

Saber conceituar e diferenciar o desenvolvimento e a aprendizagem nas diversas perspectivas teóricas.
Conhecer o significado de dificuldades/problemas de aprendizagem.

Programa

Unidade I

1. Aprendizagem: conceituação e características.

Unidade II

1. Análise do Comportamento aplicada à Aprendizagem (Skinner);
2. Pedagogia da Autonomia (Freire)
3. Epistemologia Genética (Piaget);
4. Teoria sócio-histórica (Vigotski);
5. Teoria da Aprendizagem segundo Wallon;
5. Aprendizagem sob a ótica da Psicologia Humanista (Rogers).

Unidade III

1. Dificuldades/problemas de Aprendizagem.

Metodologia

A disciplina será desenvolvida possibilitando ao aluno atuar como pesquisador em busca do conhecimento, como sujeito ativo da sua aprendizagem. Visa estimular a iniciativa e a capacidade de análise crítica e reflexiva, fortalecendo no acadêmico sua capacidade de construir conhecimento. Para tanto, se construirá momentos privilegiados de ensino e aprendizagem intermediados por estudos dirigidos, vivências em sala, análise e interpretação de artigos científicos relacionados com problemáticas da atualidade, estudos de caso, aulas expositivas e dialógicas.
Além disso, haverá, conforme critérios institucionais, a confecção de 3 atividades semipresenciais.

Avaliação

G.1:
Prova Escrita: 0 a 6 pontos;
Vivências em Sala: 0 a 2 pontos;
Produção Textual (individual ou duplas): 0 a 2 ponto;

G.2:
Prova Escrita: 0 a 6 pontos;
Vivências em sala de aula: 0 a 2 pontos;
Produção Textual (individual ou dupla): 0 a 2 pontos;

Observações:
- O processo avaliativo está pautado na resolução acerca de avaliações do CEULP/ULBRA, a qual coloca que, dentre outras coisas, a aprovação se dá para o acadêmico que obtiver grau final no valor mínimo de 6,0 (seis) pontos e mínimo de 75% de presença;
- Os trabalhos devem ser entregues em sala de aula, em documento impresso. Trabalhos entregues com atraso terão a redução de 50% do valor e poderão ser recebidos até a aula da semana seguinte a partir da data de entrega determinada.
- As atividades semipresenciais seguem o calendário acadêmico e contam contam como presença na ata de assinatura. A não confecção das atividades corresponde a 3 (três) dias de faltas (com peso maior que as aulas presenciais), o que deixa o acadêmico com risco de reprovação. Essas atividades não valerão nota.

Bibliografia

Básica

Alencar, E. S. Novas contribuições da psicologia aos processos de ensino de aprendizagem. São Paulo: Cortez, 2001.

Campos, D. M. de S. Psicologia da Aprendizagem. Petrópolis: Vozes, 1999.

Catania, A. C. Aprendizagem: comportamento, linguagem e cognição. Porto Alegre: Artmed, 1999.

La Taille, Yves de. Piaget, Vygotsky e Wallon: Teorias Psicogenéticas em Discussão. São Paulo: Summus, 1992.

Complementar

Davidoff, L. Introdução à Psicologia. São Paulo: Makron, 2001.

Freire, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

Patto, M. H. S. A Produção do Fracasso Escolar: Histórias de Submissão e Rebeldia. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1999.

Vygotski, L. S. Pensamento e Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

WALLON, H. As origens do pensamento da criança. São Paulo: Manole, 1989.

Wallon, H. Psicologia e Educação da Infância. Lisboa: Editorial Estampa, 1975.