Plano de Ensino

Turma 1105 - Política Social I - 2013/2

Curso: Serviço Social

Período: 4

Professor(es): Raquel Sabará de Freitas

Carga Horária: 68 h

Ano/Semestre: 2013/2

Objetivo

O objetivo superior do curso de Serviço Social do CEULP/ULBRA tem sede no intuito de formar profissionais capazes de responder às demandas sociais, na perspectiva de assegurar direitos, democratizar o acesso do cidadão às políticas sociais, por meio da instauração de práticas profissionais competentes, com potencial de produzir conhecimentos e propor alternativas para a transformação da realidade social.

Ementa

Fundamentos teóricos e história da Política Social. A compreensão das origens da política social; o keynesianismo-fordismo e generalização da política social; o capitalismo e a política social e neoliberalismo. As perspectivas para o Serviço Social na interface com as políticas sociais na contemporaneidade.

Competências

Ao final do semestre, espera-se que os acadêmicos tenham condições de:
• Conhecer os fundamentos históricos e teóricos da política social.
• Desenvolver um saber crítico, integrando os conhecimentos adquiridos ao longo da formação acadêmica de forma interdisciplinar, acerca do processo de reestruturação produtiva e sua inflexão no Estado e nas políticas sociais, sobretudo nas políticas sociais brasileiras.
• Compreender a importância da atuação profissional alicerçada no Projeto Ético-Político dos Assistentes Sociais frente a estas transformações nas políticas sociais.

Habilidades

Ao término do semestre espera-se que os acadêmicos da disciplina Política Social I consigam:
o Capacidade de articular os fundamentos históricos e teóricos da política social  para construir posicionamentos críticos sobre a política social  na contemporaneidade.
o Capacidade de exercer a atividade profissional nas políticas sociais alicerçada ao Projeto Ético-Político dos Assistentes Sociais.
o Reconhecer os limites e as possibilidades de atuação do Serviço Social frente à política social e a importância da atuação ético-política profissional na perspectiva de construção e defesa dos direitos.

Programa

Para tal, serão desenvolvidas as seguintes ações ao longo do semestre:
23/07 Plano de Ensino.
30/07 A questão conceitual de política social.
06/08 Mediações e política social.
13/08 Mediações e política social:  Critica à Filosofia do Direito de Helgel.
20/08 Sobre a controvertida  identificação de Política Social com Welfare State.
27/08 Trajetória de política social:  das velhas leis dos pobres ao Welfare State.
03/09 Trajetória de política social:  das velhas leis dos pobres ao Welfare State.
10/09 Política social no Welfare State.
14/09 Primeira Semipresencial – Revisão de G1.
17/09 Avaliação G1.
24/09 Abordagens teóricas sobre o Estado e sua relação com a sociedade e com a política social.
01/10 Abordagens teóricas sobre o Estado e sua relação com a sociedade e com a política social.
08/10 Para uma maior compreensão da política social.
19/10 Segunda Semipresencial -  Trabalho em Grupo sobre Seguridade Social.
22/10 Significado de política social e conceitos correlatos.
28/10 Divisão social do bem-estar e diferentes tipos de Welfare State.
05/11 Política social no Brasil contemporâneo: a contra-reforma neoliberal e a política social.  
12/11 Projeto ético-político do Serviço Social e política social.
19/11 Avaliação  de G2.
26/11 Revisão de G2.
03/12 Fechamento de disciplina.

Metodologia

A disciplina será desenvolvida por meio das seguintes técnicas de ensino: apresentação e discussão do Plano de Ensino; elaboração do  Contrato Pedagógico; indicação de referências bibliográficas; aulas expositivas dialogadas com a utilização de projetor de multimídia; painéis;  debates e dinâmicas que facilitem a aprendizagem. Sempre buscando uma relação docente-discente de sujeito-sujeito. Uma relação horizontal e dialogada que proporcione a participação ativa do discente no processo de ensino-aprendizagem.
As técnicas utilizadas colocam o docente como mediador do processo de ensino-aprendizagem, onde o aluno é agente do seu processo de aprendizagem. Elas buscam incentivar a atividade intelectual do aluno, levando-o a descoberta de seus próprios recursos mentais, facilitando-lhe o desenvolvimento das habilidades operações de pensamento significativas – identificar, selecionar, comparar, experimentar, analisar, concluir, solucionar problemas, aplicar o que aprendeu.  Elas buscam formar um profissional crítico, participativo e agente do seu processo de formação e histórico.

Avaliação

Avaliação de G1: A composição da G1 será contínua. Ela será subsidiada pelas atividades propostas abaixo, perfazendo uma soma de 10 pontos ao final.
Prova escrita – 8 pontos
Apresentação de trabalho em sala – 2 pontos
Avaliação de G2: A composição da G2 será contínua. Ela será subsidiada pelas atividades propostas abaixo, perfazendo uma soma de 10 pontos ao final.
Apresentação de trabalho em sala – 2 pontos
Prova escrita – 6 pontos
Seminário: Relações Sociais e Serviço Social em Palmas 2 pontos.

Bibliografia

Básica

BEHRING, Elaine Rosseti. Brasil em contra-reforma: desestruturação do Estado e perda de direitos. São Paulo : Cortez, 2008.

BEHRING, Elaine Rossetti; BOSCHETTI, Ivanete. Política Social: fundamentos e história. 5º edição. São Paulo. Ed. Cortez, 2000.

PEREIRA, Potyara A. P. Política Social Temas & Questões. São Paulo: Cortez, 2008.

Complementar

BEHRING, Elaine Rosseti; SANTOS, Silvana Mara dos Santos. Questão Social e diretos. In : CFESS/ABEPSS. Serviço Social : direitos sociais e competências profissionais – Brasília : CFESS/ABEPSS, 2009

CASTEL, Robert. As metamorfoses da questão social: uma crônica ao salário. Tradução Iraci D. Poleti. 7. ed. - Petrópolis. RJ: Vozes, 2008

MARSHALL,T. H. Cidadania e Classe Social. Rio de Janeiro: Zahar, 1967.

POLANYI, Karl. A Grande Transformação: as origens da nossa época. Tradução Fanny Wrobel. – 2 ed. – Rio de Janeiro: Campos, 2000.