Publicado em: 13/09/2016 14:34 - Atualizado em: 15/09/2016 08:08

II Colóquio “Ética em Pesquisa com seres humanos”

Parceria do CEULP/ULBRA e UNITINS promove a formação de estudantes de Serviço Social na área da Pesquisa Científica.


Por Gilberto Ferreira - Acadêmico do curso de Serviço Social

II Colóquio de Pesquisa
II Colóquio de Pesquisa

Na noite de terça-feira, 30 de agosto de 2016, foi realizado na UNITINS – Campos Graciosa, II Colóquio “Ética em Pesquisa com seres humanos”. Participaram do evento os painelistas, professor Doutor em Filosofia da UFT, Fabio Henrique, o Professor Mestre do Curso de Serviço Social do CEULP/ULBRA e Coordenador do Curso de Serviço Social da Unitins, Giovanni Bezerra e a professora do Curso de Serviço Social da Unitins e representante do Comitê de Ética em Pesquisa da mesma instituição, Alessandra Ruita Santos.


O evento contou com a socialização das experiências em pesquisas vivenciadas pela graduanda em Serviço Social da Unitins Fernanda da Silva Santos Veiga e o Graduado em Serviço Social pelo CEULP/ULBRA, Iran Bispo da Luz, além da presença de acadêmicos (as) do curso de serviço social da Unitins, ITOP e CEULP/ULBRA.


Desde a sua primeira edição o encontro prima em levar a discussão da ética como valor elementar intrinsecamente relacionado e essencial para a elaboração e execução de pesquisas envolvendo seres humanos, apreendendo este processo como indissociável da formação e pratica do Assistente Social. 
Por meio do processo de investigação, o pesquisador precisa ver o participante, portador de direitos e digno de respeito nas suas particularidades, desejos e decisões. A ética em pesquisa está em defender e assegurar a dignidade do sujeito participante, a tal modo que estes elementos garantam o sucesso do estudo e do avanço social, primando pelos benefícios a partir deste conhecimento construído, tendo a centralidade no cidadão.


Para tanto, reitera-se a necessidade de o pesquisador conhecer e utilizar-se das instâncias que regulamentam e normatizam (CONEP e comitês) a realização de pesquisas no país. Tais como as Resoluções CNS 466/12 e CNS 510/16, que trata especificamente do âmbito das ciências sociais, da qual se está inserido o Serviço Social, e que visa assegurar a lisura do processo de investigação do ponto de vista ético, técnico e legal, visando garantir que o cidadão tenha maior beneficio.
Os debates foram exitosos e há de se destacar a valiosa contribuição do ponto de vista cientifico com reflexões a cerca da temática ética, bioética e os desafios da ética na contemporaneidade, época de grande fluidez e dinamicidade dos fatos e das relações sociais, o que gerou motivação nos acadêmicos enquanto futuros pesquisadores.


Sob este prisma, percebe-se a relevância de se construir espaços de debates e ações integradas entre as universidades com o objetivo de aproximar a categoria bem como fomentar discussões a cerca das bandeiras de lutas da profissão, desafios e identificar possibilidades de avanço no conhecimento que cristalizará na construção de profissionais críticos e propositivos na efetivação do seu exercício profissional de forma a garantir direitos e buscar a transformação social, expressa no Projeto ético politico da profissão.

Selo da responsabilidade social
CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE PALMAS
Avenida Teotônio Segurado 1501 Sul Palmas - TO CEP 77.019-900
Fone: (63) 3219 8000

O que achou dessa página?

Clique e deixe seu comentário