Autor(es): JORDANA FRUGERI CAMPOS

Palavras-chave: Triagem fitoquímica, laudo, embalagem, controle de qualidade, hortelã

Defendido/Publicado em: 2016-12-01

Orientador(a): Grace Priscila Pelissari Setti

Curso: Farmácia


O uso de plantas medicinais é relatado em várias literaturas, por base de sua história observa-se que mesmo tendo passado milhões de anos o consumo de plantas para finalidade alimentícia, medicamentosa e cosmética continua crescendo. Entre essas plantas medicinais está a Mentha sp. conhecida popularmente por hortelã-pimenta da família Lameaceae. Sendo uma planta oriunda da Europa e trazida para o Brasil por meio de imigrantes, e de fácil cultivo. O presente trabalho propõe avaliar a qualidade das amostras de hortelã comercializadas nos estabelecimentos do município de Palmas – TO, através de testes físicos e químicos, análise das informações contidas nas embalagens e nos laudos. Observou-se que os teores de elementos estranhos, teor de cinzas totais e umidade, das três amostras encontravam-se de acordo com os limites descritos na Farmacopeia Brasileira V para a espécie. A triagem fitoquímica indicou a presença de flavonoides e taninos, conforme descrito na literatura, além de saponinas que é uma classe encontrada por Santos, Mahlke (2013). Os demais testes foram realizados para caracterização das amostras analisadas, o pH das três amostras apresentaram como levemente ácidas, a densidade aparente não compactada indicou que o tamanho de partícula não diferiu entre as amostras, sendo assim o teor de extrativos também não variou entre as amostras, indicando assim que o rendimento das amostras foi semelhante. Os resultados obtidos na análise das embalagens e nos laudos foram comparados com os critérios exigidos pela RDC 10/10 e por Cardoso (2009), respectivamente, sendo que nenhuma das amostras atenderam a todos os requisitos. Portanto, as amostras de hortelã comercializadas em Palmas – TO não estão adequadas para o consumo, considerando que a qualidade de uma droga vegetal é o conjunto de todos os aspectos desde a embalagem até a composição química.


Como citar

Controle de qualidade das amostras de Mentha sp. comercializadas no município de Palmas -TO . 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Farmácia). Centro Universitário Luterano de Palmas, Palmas, Tocantins, 2016. Disponível em: <http://ulbra-to.br/bibliotecadigital/publico/home/documento/274>. Acesso em: 10 dez. 2018

Banca (avaliadores)

  • Elisângela Luiza Vieira Lopes Bassani dos Santos
  • Marta Cristina de Menezes Pavlak

Arquivos (download)