Autor(es): JULYANE LINHARES NOLETO

Palavras-chave: antibacterianos, crianças, off-label, farmacêuticos

Defendido/Publicado em: 2016-12-01

Orientador(a): Elisângela Luiza Vieira Lopes Bassani dos Santos

Curso: Farmácia


Os antibióticos estão entre os medicamentos mais prescritos para crianças e têm como principal característica modificar a microbiota do hospedeiro e do ambiente. Além do mais, uma boa investigação da utilização de antimicrobianos é necessária, pois sua utilização de forma inadequada ou o uso de medicamentos com informações escassas sobre a eficácia, segurança e doses pode estar relacionado à falta de resposta terapêutica ou o maior risco de reações adversas, influenciando diretamente no tratamento das infecções em pacientes pediátricos. Portanto, este presente trabalho tem como objetivo descrever sobre o uso de antibióticos na pediatria a partir de uma revisão bibliográfica. Os estudos demonstram que a maioria dos prescritores prescrevem antibióticos sem levar em conta as características fisiologias, farmacocinéticas, crescimento contínuo, a composição corporal, peso, altura e faixa etária do público pediátrico. Essas peculiaridades são de grande relevância para evitar toxicidade e consequentemente reações adversas que em alguns casos podem ser fatais. O farmacêutico exerce um papel fundamental na prevenção do uso adequado de antibióticos tanto em farmácias e drogarias, seja no âmbito da saúde pública ou privada, porém para que isso aconteça e primordial a interação com os demais profissionais de saúde, com o objetivo principal de promover a saúde do paciente pediátrico.


Como citar

Linhares, noleto Julyane Uso de antibióticos na pediatria. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Farmácia). Centro Universitário Luterano de Palmas, Palmas, Tocantins, 2016. Disponível em: <http://ulbra-to.br/bibliotecadigital/publico/home/documento/275>. Acesso em: 10 dez. 2018

Banca (avaliadores)

  • Áurea Welter
  • Luís Fernando Albarello Gellen

Arquivos (download)