Autor(es): ANGELICA PASINI

Palavras-chave: Triagem fitoquímica, embalagens, laudos, cavalinha

Defendido/Publicado em: 2016-12-02

Orientador(a): Grace Priscila Pelissari Setti

Curso: Farmácia


A utilização de plantas com fins medicinais e relatada em diferentes literaturas, sendo a única forma de tratamento de doenças, em determinadas regiões centrais e periféricas do país. Plantas medicinais são encontrando-se em diferentes locais de comercialização. O uso de plantas a partir do conhecimento empírico, tem a finalidade de tratamento da doenças ou até amenizar sintomas. Deste modo a fiscalização sobre esses produtos é inadequada comprometendo a qualidade do mesmo. O objetivo do estudo é avaliar a qualidade de amostras de cavalinha (Equisetum arvense L.) comercializadas em estabelecimento do município de Palmas - TO, por meio de testes físicos, químicos e análise fitoquímica,. Analisou-se também as informações descritas nas embalagens e nos laudos. Os testes físicos, químicos e a triagem fitoquímica foram realizados de acordo com as metodologias propostas por Costa (2002), Farmacopeia Brasileira (2010) e Mello e Petrovick (2000). Foi observado que a quantidade de elementos estranhos das três amostras analisadas se encontrava dentro dos limites aceitáveis, assim como o teor de cinzas e umidade. A triagem fitoquímica indicou presença de flavonoide, saponinas e taninos e negativo para antraquinonas, estando de acordo com a literatura. A análise das embalagens foi realizada comparando as informações exigidas pela RDC 10/10, as embalagens apresentaram falta de informações básicas que podem diminuir a eficácia no tratamento do paciente. Os laudos foram avaliados de acordo com as informações mínimas propostas por Cardoso (2009), sendo que todos apresentaram ausência ou informações inadequadas da droga vegetal. Com base nos resultados obtidos no geral das amostras de Equisetum arvense L., nota-se que fiscalização por parte dos órgãos competentes está sendo ineficiente para detectar as irregularidades presentes nas plantas medicinais.


Como citar

angelica Controle de qualidade de amostras de cavalinha (Equisetum arvense L.) comercializadas no município de Palmas -TO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Farmácia). Centro Universitário Luterano de Palmas, Palmas, Tocantins, 2016. Disponível em: <http://ulbra-to.br/bibliotecadigital/publico/home/documento/272>. Acesso em: 20 out. 2018

Banca (avaliadores)

  • Elisângela Luiza Vieira Lopes Bassani dos Santos
  • Marta Cristina de Menezes Pavlak

Arquivos (download)