Publicado em: 27/12/2021 17:58 - Atualizado em: 30/12/2021 16:55

CEULP/ULBRA emplaca três projetos em concurso de ideias e soluções promovido pelo Instituto Claro




Seis estudantes do Ceulp/Ulbra estão entre os 85 selecionados para a 10ª edição do Campus Mobile, concurso de ideias e soluções para mobile, realizado pela Associação do Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC) e patrocinado pelo Instituto Claro.

 

Entre os quatro projetos selecionados em todo o estado, três são de autoria dos alunos dos cursos de T.I. da Instituição. O destaque para os trabalhos selecionados posiciona o CEULP/ULBRA entre as instituições do país que patrocinam projetos brilhantes com potencial para a premiação, pelo terceiro ano consecutivo.

 

As propostas enviadas para o concurso contemplam soluções mobile que gerem impacto social, atendendo a uma das seis categorias: diversidade, games, educação, saúde, smart farms e smart cities. O prêmio é uma viagem para conhecer o polo de tecnologia do Vale do Silício, nos Estados Unidos.

 

Os acadêmicos selecionados foram Anna Júlia Lira, André Barbosa, Henrique Nogueira, Yago Oliveira, Caio Davantel e Ridney Gomes, com projetos nas áreas de educação, games e saúde.

 

Estudante do oitavo período de Engenharia de Software, Caio Davantel, avalia que é uma realização estar entre os selecionados. “Achei incrível! Devido aos vários projetos que são submetidos, de todos os lugares do país, torna-se realmente muito gratificante estar entre os selecionados”. Juntamente com os alunos Henrique Nogueira e Yago Oliveira, Caio desenvolveu o projeto “Garantindo o acesso da programação para as comunidades do Tocantins”, com a orientação do professor Fabiano Fagundes.

A proposta consiste em um jogo educativo para a aprendizagem de algoritmos e programação, que apresenta uma abordagem motivadora aos estudantes que pertencem às comunidades indígenas e quilombolas.

O projeto assinado por Ridney Gomes, acadêmico de Sistemas de Informação, surgiu através de um brainstorm com alguns colegas da turma para um trabalho da disciplina de empreendedorismo. Além da interatividade entre os alunos, o projeto encontrou motivação a partir de uma necessidade pessoal da família do aluno.


O Omni Health Care é uma solução para mobile que visa facilitar a contratação de planos de saúde, e contribuir para uma vida mais saudável de seus usuários. “Nós votamos, e optamos por direcionar para área da saúde, depois que compartilhei uma necessidade que vivenciei quando meu pai estava com câncer”, comentou.

 

PIONEIRISMO DO CEULP/ULBRA

 

O Ceulp/Ulbra tem o primeiro curso de Engenharia de Software do estado, além disso, os cursos de Sistema de Informação e Ciência da Computação figuram entre os sete melhores cursos do país, segundo avaliação do MEC. Desde o início da jornada acadêmica, os alunos são incentivados a desenvolver projetos que podem impactar positivamente a comunidade.

 

“Participar do Campus Mobile abriu a minha visão para o potencial dos projetos que eu desenvolvi durante a faculdade.” Comenta Alexandre Kavalerski, egresso do curso de Ciência da Computação, e representante do Tocantins na edição de 2019, com a plataforma dygy.com.br.

Da esquerda para direita: Ian Maiwald, Giovanna Filipakis e Alexandre Kavalerski

 

Hoje, Alexandre, que estava na primeira equipe selecionada do estado, é embaixador do  programa no Tocantins. Ele fica responsável por incentivar acadêmicos e recém-formados a desenvolver e aperfeiçoar projetos com potencial para a classificação. “Tem que ficar atento nas redes do programa, já que boa parte da programação é aberta para qualquer um acompanhar. E seguir desenvolvendo seus projetos, porque certamente ele tem potencial para ajudar alguém.”

 

Foi o caso da Anna Júlia Lira, aluna do 5° período de Sistemas de Informação. Ela criou, junto com o acadêmico André Barbosa, a plataforma de vídeos “Stick Go”. A ideia do projeto surgiu na matéria Laboratório de Criatividade, ministrada pelo professor Fabiano Fagundes.

 

“Stick Go é uma plataforma de vídeos de cursos profissionalizantes para ajudar pessoas a ingressar no mercado de trabalho. Nosso objetivo é alcançar pessoas mais vulneráveis, que não possuem nenhum tipo de capacitação, tendo pouco incentivo e oportunidade de mudar de vida.” ressalta Anna Júlia. “A nossa plataforma também faz o currículo e a pessoa pode baixar ou compartilhar com as empresas”.

 

Mentor dos trabalhos selecionados, o professor Fabiano Fagundes se diz realizado com o sucesso dos alunos. “Por cumprir meu papel de professor em relação à sociedade (o professor vai muito além da sala de aula), por ajudar meus alunos a expandirem sua mente para pensar fora da caixinha e serem mais que simples profissionais no futuro, por fazê-los perceber que a área da computação pode sim ser uma área de apelo social e por vê-los felizes quando eles alcançam o que perceberam que são capazes de fazer”, elencou.

Selo da responsabilidade social
CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE PALMAS
Avenida Teotônio Segurado 1501 Sul Palmas - TO CEP 77.019-900 Caixa Postal nº 85
Fone: (63) 3219 8000

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.