Publicado em: 05/05/2022 15:47 - Atualizado em: 18/05/2022 15:50

8ª Semana da Enfermagem Ceulp/Ulbra discute internacionalização da ciência, saúde e enfermagem

Por: Isabela Leão




    Nos próximos dias 26 e 27 de maio, o curso de enfermagem do Ceulp/Ulbra realiza a 8ª Semana da Enfermagem, no auditório central do Ceulp/Ulbra. Trazendo à tona o debate sobre a internacionalização da ciência e da saúde, o evento pretende reunir acadêmicos e profissionais não só da Enfermagem, mas também de outras áreas da saúde.

    No primeiro dia, os pesquisadores Erick Santos e Tarcísio Góis falam sobre a internacionalização da ciência, saúde e enfermagem. Já no segundo dia, acontece uma mesa redonda com representantes de entidades tocantinenses ligadas à saúde.

 

 

    Para o professor da Universidade Federal do Tocantins Erick Santos, Doutor em Ciência do Sistema Terrestre, com quinze anos de experiência profissional em projetos de meio ambiente, turismo, comunidade local e ecoturismo, e diversos projetos de intercâmbio internacional com foco acadêmico-científico nos EUA, Austrália e Japão, entender a internacionalização na ciência ajuda a despertar no acadêmico o ímpeto de ir além do conhecimento apresentado na formação.

    “É importante despertar o aluno a estudar e entender o conhecimento de fronteira, ou seja, pesquisar o estado da arte em sua área de conhecimento para que a ciência e tecnologia continuem a avançar. Infelizmente o Brasil não lidera a corrida científica, logo, internacionalizar nossos alunos contribui com o avanço do país”, comenta.

    Sobre a interdisciplinaridade dos conteúdos da noite de abertura, o pesquisador complementa: "Primeiramente, a enfermagem compõe o campo científico designado como Ciências da Saúde. Portanto inexistente separação entre estes. Internacionalizar a enfermagem significa contribuir com a internacionalização da ciência.

    E a enfermeira Micheline Veras concorda. Para ela, esses conteúdos precisam ser amplamente discutidos com os profissionais desde a formação, na academia. “O acadêmico deveria ter a graduação inteira com esse conteúdo, porque ele deveria aprender a associar a prática com a teoria, e com a pesquisa. A enfermagem tem que entender que tem uma ciência, que é a ciência do cuidar, uma ciência sistematizada, com todo um processo de enfermagem.”

    Veras é enfermeira, concursada pela empresa brasileira de serviços  hospitalares, mestre em enfermagem e Doutoranda em Estudos Contemporâneos pela Universidade de Coimbra, Portugal. Atualmente, é pesquisadora da Escola de Enfermagem em Coimbra, e do Laboratório de Inovação e Tecnologia da UFRN.

    Para ela, o tema impacta diretamente no exercício da Enfermagem, porque seu conhecimento leva o profissional a percorrer um caminho científico que envolve não só a busca pela evidências disponíveis, mas a atenção com o paciente e a troca de experiências com os colegas de profissão. "Todos esses conceitos fazem parte de uma decisão crítica e reflexiva. Nós teríamos resultados bem melhores em terapias direcionadas a pacientes.”

    Enfermeiro na Urgência e Emergência no Brasil, graduado em Enfermagem pela Universidade Federal de Sergipe e Enfermeiro licenciado nos EUA pelo Centro Médico da Universidade de Maryland, Tarcísio Góis encerra a noite de abertura, falando sobre a internacionalização da enfermagem.

    A discussão continua na segunda noite de evento, durante a mesa redonda formada por representantes do Conselho Federal de Enfermagem e Associação Brasileira de Enfermagem, e Solany Maria Souza Moreira, enfermeira, pós-graduada em CC/CME e Captação, Doação e Transplante de Órgãos pelo Albert Einstein, e Instrumentadora cirúrgica.

    Além das palestras, também ocorrerão oficinas durante os dois dias de evento: Interpretação de exames, ministrada por Rafaela Boaventura, EGC com Michele Pinto Barros, SAE, orientada por Natália Rios, e Pilates, ministrada por Pedro Ferreira.

    As oficinas acontecem das 17h às 18h30, nas salas de aula. Para se inscrever, basta acessar o link de inscrições clicando aqui. Já as palestras e a mesa redonda acontecem das 19h às 22h, no Auditório Central da Universidade, e as inscrições acontecem no dia do evento. Para mais informações, basta entrar em contato com a Coordenação do curso de Enfermagem pelo telefone (63) 3219-8052.

 

Selo da responsabilidade social
CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE PALMAS
Avenida Teotônio Segurado 1501 Sul Palmas - TO CEP 77.019-900 Caixa Postal nº 85
Fone: (63) 3219 8000

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.