Publicado em: 12/07/2019 14:22 - Atualizado em: 12/07/2019 16:08

Promoção da saúde e qualidade de vida: a Fisioterapia é capaz de transformar


Por Isabella Santa Rosa - Estagiária de Jornalismo

A Fisioterapia é muitas vezes associada a lesões musculares, tratamentos após cirurgias ou ao cuidado e bem-estar de pessoas idosas, mas a área é muito maior do que isso. Com um leque de possibilidades de atuação na área, o fisioterapeuta precisa lidar com a dor, tratar e prevenir.

Paciência e cuidado são virtudes necessárias na profissão, e no Centro Universitário Luterano de Palmas - Ceulp/Ulbra existe a preocupação de formar fisioterapeutas de destaque por meio de uma graduação presencial e transformar os estudantes em profissionais e pessoas melhores. Conversamos com a Coordenadora do curso de Fisioterapia, professora Rosângela dos Reis, para saber um pouco mais sobre o que o Ceulp/Ulbra tem a oferecer aos estudantes que desejam ingressar na área.

 

Ceulp/Ulbra: O que distingue o curso de Fisioterapia do Ceulp/Ulbra dos demais?

Rosângela: A gente tem muitos diferenciais no nosso curso de Fisioterapia, o primeiro é a estrutura física, como hoje tem muitos cursos com uma carga horária relevante que são EAD, você ter o privilégio de uma educação presencial já faz a diferença. Nós temos locais específicos para estágio, temos a Clínica de Fisioterapia, que é muito bem equipada, com espaços para uso e aprendizagem em qualquer uma das áreas da Fisioterapia. A gente tem a Fisioterapia Aquática com uma piscina aquecida, que disponibiliza um atendimento que para o aprendizado do aluno é extremamente necessário, e é um dos nossos diferenciais, a questão do estágio, da prática. Hoje dentro do curso a gente faz estágio em todas as áreas que a Fisioterapia atua, com exceção da saúde da mulher, mas que vai entrar no próximo semestre. Temos estágio em saúde do trabalhador, saúde do idoso, na terapia neurofuncional adulta e infantil, na fisioterapia aquática, na esportiva, na hospitalar, com destaque que trabalhamos na UTI, tanto na pediátrica quanto na adulta, preparamos o aluno para o mercado de trabalho. É lógico que quando ele sai, se ele procura um método específico, ele tem que fazer uma formação continuada, até porque esse é um dos objetivos da graduação, estabelecer as possibilidades de formação continuada, e ele tem que se manter atualizado, Fisioterapia é uma área onde praticamente todo o dia você tem uma coisinha nova, a saúde é desse jeito hoje no Brasil. Outro grande diferencial são os professores, nós temos um corpo docente extremamente bem formado, somos um grupo muito coeso e a grande maioria tem mestrado.

 

Ceulp/Ulbra: Existe alguma aparelhagem diferente nos laboratórios de Fisioterapia?

Rosângela: Na Fisioterapia nós trabalhamos bastante com a termo, eletro e fototerapia, dentro disso todos os aparelhos disponíveis no mercado nós temos para que o aluno conheça. Todas as áreas de atuação vêm com a mesma importância, e na questão da aparelhagem o que o estudante necessita para aprender a trabalhar o melhor possível como fisioterapeuta, nós temos aqui, tanto elétricos quanto mecânicos.

 

 

Ceulp/Ulbra: Como o curso procura estar inserido no contexto da comunidade? Há algum tipo de ação que preste serviço à comunidade?

Rosângela: Nós temos um projeto chamado “Fisioterapia na Comunidade”, que é um projeto de atendimento à população. Somos convidados várias vezes durante o semestre a participar de ações esporádicas, por exemplo nas escolas para trabalhar com as mães, no próprio Ceulp, desenvolvemos ações com os funcionários, na Infraero, geralmente durante a semana de prevenção de acidentes e atendemos a outras empresas da mesma forma. Também fazemos o atendimento às corridas já há algum tempo, fazendo umrecovery, uma recuperação para os atletas que participam das corridas do Circuito Virgílio Coelho de Corridas de Rua, e às vezes fora do Circuito também quando somos solicitados, nós participamos e contamos este atendimento como de emergência ali para eles. Dentro do projeto “Fisioterapia na Comunidade” nós atendemos ao maior número possível de chamadas da comunidade que requeiram a Fisioterapia como atendimento.

 

Ceulp/Ulbra: O que você pode dizer para o estudante que tem interesse em ingressar no curso?

Rosângela: A Fisioterapia teve seu grande momento na década de 90 e depois manteve a estabilidade junto a várias outras profissões, hoje ela começa a dar sinais de um novo processo de boom profissional, uma nova alta, porque a população envelhece hoje mais do que antigamente, você tem uma faixa etária maior, uma população que vive mais, e esta população quer viver melhor, diante disso a Fisioterapia entra tanto como prevenção quanto como recuperação do físico, para que essa pessoa viva bem. Temos vários nichos no mercado relacionados a geriatria, além de todos os outros. A terapia manual é uma outra área que está em alta e que vem em uma evolução crescente justamente porque as pessoas querem evitar os medicamentos o máximo possível, então se você tiver opções que deixem seu corpo saudável sem o uso de medicamentos e tiver a oportunidade, você opta por isso. Temos hoje várias terapias manuais, a osteopatia, quiropraxia, a própria microfisioterapia, o pilates, enfim, temos uma gama de possibilidades de atuação, então o mercado atual para o fisioterapeuta é extremamente amplo.

 

Ceulp/Ulbra: E quanto ao mercado no estado, como você avalia?

Rosângela: A região norte do país e o Tocantins, de forma específica, estão em crescimento constante e isso abre portas para o atendimento não só para a Fisioterapia, mas para várias outras profissões. Eu vejo assim, em Palmas, todo mundo ainda tem a cultura do mercado voltado ao estado, ao município, ao serviço público, então hoje falta o serviço particular, falta o serviço conveniado, a gente tem poucos locais de bom atendimento particular, consultório, clínicas, isso é algo que falta muito e ainda é um mercado aberto na cidade. Temos, por exemplo, uma fisioterapeuta que trabalha com fisioterapia uroginecológica, que é uma área muito boa e só ela faz esse trabalho, então ainda temos Palmas como um grande nicho de mercado para a Fisioterapia.

 

 

Ceulp/Ulbra: Você tem bons testemunhos dos egressos?

Rosângela: Muitos bons testemunhos! De vez em quando a gente posta no instagram e no facebook sobre os testemunhos dos egressos. Atualmente a gente tem do total pelo menos 75% a 80% dos egressos trabalhando, no mercado, dentro da Fisioterapia, muito bem colocados. É claro que o sucesso também depende de cada um, até hoje já tivemos vários profissionais formados aqui com uma vontade de crescer muito grande, e eles foram conquistando espaços. Temos case de super sucesso e cases de boa colocação, por exemplo no HGP a grande maioria dos profissionais que trabalham na área são egressos nossos, tanto concursados quanto por contrato, temos uma fisioterapeuta formada aqui e abriu um SPA em Paraíso que tem feito sucesso a nível de Brasil, a gente tem profissionais com curso de osteopatia da Escola, de Osteopatia de Madrid, que é uma ótima instituição, temos excelentes instrutores de pilates, fisioterapeutas com formação em RPG, então a gente tem muitas pessoas boas e muito bem colocadas no mercado de trabalho hoje no estado.

 

Ceulp/Ulbra: Qual a área mais comum de trabalho dos estudantes de Fisioterapia?

Rosângela: Aqui do Ceulp é principalmente a Fisioterapia Hospitalar, relacionada tanto a unidade de internação quanto a UTI, adulta e pediátrica, no estado o maior número de profissionais formados trabalha nesse nicho. Outro grande nicho, que podemos colocar aí como segundo lugar, são os estúdios de pilates, porque o pilates trabalha com prevenção, com tratamento, então ele trabalha praticamente com movimento, e isso puxa para a Fisioterapia.

 

Rosângela dos Reis é Fisioterapeuta, formada pela Universidade Estadual de Londrina - UEL. Possui Mestrado em Biologia Celular e Molecular Aplicada à Saúde pela Universidade Luterana do Brasil e em Educação Brasileira Contemporânea pela Universidade de Ribeirão Preto. Atua na graduação em Fisioterapia desde 1988. Atualmente é professora e coordenadora do Curso de Fisioterapia do Centro Universitário Luterano de Palmas - Ceulp/Ulbra.

 

Mais informações sobre o curso entrar em contato pelo telefone 3219-8052 ou conferir o instagram @fisioterapiaceulp.

Selo da responsabilidade social
CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE PALMAS
Avenida Teotônio Segurado 1501 Sul Palmas - TO CEP 77.019-900 Caixa Postal nº 85
Fone: (63) 3219 8000